Este website utiliza cookies para nos ajudar a prestar-lhe um melhor serviço aquando da sua visita ao nosso site. Ao continuar a utilizar este website, está a permitir a nossa utilização destes cookies. Proceed

Authored songs

A aranha e os alfaiates

Composição de Ricardo Matosinhos sobre um poema de António Torrado, canção com atribuição de Menção honrosa do 2.º Concurso de Composição de Canções para Crianças sobre Poemas Portugueses, promovido pela Associação Portuguesa de Educação Musical e apoiado pelo INATEL.

Português

 

Explorar o texto nas sua globalidade e aspetos particulares.

A partir do exemplo indicado, explorar o conceito de "palavras homógrafas".

 

Alfaiate - Inseto  

Alfaiate - Profissão

 

A partir das palavras indicadas  em baixo, explorar a possibilidade de existirem diferenças na grafia para uma mesma palavra.

 

Vassoira - Vassoura

Tesoira - Tesoura

 

Estudo do meio

 

No seguimento do exercício anterior, pesquisar neste site, ou outro que considere mais adequado, sobre insetos, procurando assinalar:

 

  • Semelhanças anatómicas.
  • Ambiente natural da cada inseto.

 

Matemática

 

Explorar a relação matemática entre as expressões numéricas presentes no texto da canção.

 

7; 70; 700; 7.000; 70.000; 700.000; 70.000.000

Song pdf
Download
Score
Lyrics

A aranha e os alfaiates

 
Andam sete alfaiates 
Para matar uma aranha. 
Vejam só o disparate 
Que nenhum dos sete a apanha. 
 
Vêm setenta alfaiates 
Quais soldados em campanha. 
Tocam os sinos a rebate 
Para matar uma aranha. 

Setecentos alfaiates, 
Mas que gente tão estranha 
A correr p'ra todo o lado 
À procura de uma aranha.

São sete mil alfaiates 
E todos: "Farei, farei!" 
Para matar um aranha 
Gritam: "Aqui d'el-Rei!"

Setenta mil alfaiates 
E é ver qual corre mais 
Para matar uma aranha 
Não são muitos. São de mais.

Setecentos mil alfaiates 
Cada um uma tesoura. 
Sete milhões de alfaiates 
Cada qual com uma vassoura.

Setenta milhões de alfaiates 
Não se crê em tal façanha 
Que tantos valentes juntos... 
Deixem fugir uma aranha.
TAGS
animais, aranha, António Torrado
A Minha Lista