Este website utiliza cookies para nos ajudar a prestar-lhe um melhor serviço aquando da sua visita ao nosso site. Ao continuar a utilizar este website, está a permitir a nossa utilização destes cookies. Continuar

Cantar mais

Missão

 

 

  • Fazer do cantar uma experiência central da aprendizagem e da vida musical das crianças e jovens, proporcionando as condições necessárias para que essa experiência assuma a qualidade e frequência indispensáveis ao seu enriquecimento estético, artístico, social e pessoal na escola e na comunidade.
  • Disponibilizar recursos artísticos e pedagógicos multimédia e tutoriais de formação para educadores e professores de modo a que a música nas escolas seja uma realidade para todas as crianças e jovens no âmbito do desenvolvimento de um currículo que proporcione experiências artísticas, musicais, sociais e culturais diversificadas e abrangentes.
  • Incentivar a realização de atividades artísticas e de criação musical no interior das escolas e das comunidades.
  • Promover atividades artísticas e de criação musical através de apresentações públicas articulando com instituições de carácter formativo e cultural.
  • Contribuir para a promoção e valorização da língua e da cultura portuguesas e as suas articulações com diferentes saberes e comunidades, através da música e do cantar.

 

O CANTAR MAIS

Cantar Mais – Mundos com voz é um projeto da Associação Portuguesa de Educação Musical (APEM) que assenta na disponibilização de um repertório diversificado de canções (tradicionais portuguesas, de música antiga, de países de língua oficial portuguesa, de autor, do mundo, fado, cante e teatro musical/ciclo de canções) com arranjos e orquestrações originais apoiadas por recursos pedagógicos multimédia e tutoriais de formação.

 

Estas canções e recursos, acessíveis nesta plataforma digital de livre acesso, permitem um trabalho sistemático, consistente, diversificado e potencialmente inovador, possibilitando o incremento, através da canção e do cantar, de práticas artístico-musicais nas escolas e nas comunidades. Contribui, deste modo, para o desenvolvimento da cultura e aprendizagem musical das crianças e dos jovens através de experiências artístico-educativas diferenciadas de interpretação, criação musical, fruição e de apresentação pública do trabalho. Por outro lado, constitui-se também como uma ferramenta de trabalho e de formação de educadores, professores e outros agentes educativos.

 

AS CANÇÕES

As categorias das canções

 

As canções que constituem o Cantar Mais foram agrupadas em torno de oito categorias: tradicional, autor, do mundo, música antiga, fado, lusofonia, cante e teatro musical/ciclos de canções.

Para as diferentes canções foram construídos arranjos diferenciados em que se procura recriar e acentuar a diversidade de linguagens e estéticas existentes nas culturas musicais contemporâneas.

 

Tradicionais

O conceito tradicional tem subjacente o conjunto de práticas, géneros e estilos musicais associados a contexto rurais. Contudo, e como salienta Salwa Castelo-Branco, “o conceito de tradição alicerça-se numa visão interpretativa dinâmica da música e da cultura” e neste sentido uma ‘tradição’ é um modelo do passado que não é separável da sua interpretação do presente.

Neste contexto, nesta categoria estão agrupadas canções do Cancioneiro Popular Português abrangendo várias regiões do continente e ilhas assim como temáticas diferenciadas.

 

De autor

Canções de autor englobam canções originais em língua portuguesa pensadas para crianças e jovens.

Para estas canções são mobilizados poetas de diferentes estéticas e territórios e abordadas temáticas que percorrem os universos das infâncias potenciando imaginários e possibilidades de promoção e de mobilização da cultura, da língua e da poesia portuguesas.

 

Do mundo

O termo World Music, numa fase inicial, e como refere o etnomusicólogo e antropólogo Steven Feld, circulou pela academia nos anos 60 do século passado, para celebrar e promover o estudo da diversidade musical no mundo e os contextos em que a música era criada e interpretada. Contudo, a partir da década de 80, este termo representa “o triunfo da industrialização sónica global” desterritorializando as “etnicidades” e as culturas, transformando-as numa mercadoria e banalizando as diferenças.

Tendo presente a ambiguidade e complexidade do termo, canções do mundo reune canções de diferentes geografias e culturas musicais, não incluídas nas outras categorias.

Música antiga

 A categorização de música antiga envolve não só uma dimensão estética, tal como nas outras categorias, como também os modos e as convenções que caracterizam uma determinada época.

Neste caso, esta categoria está circunscrita a um determinado período histórico em que se agruparam as canções e não na sua relação com a interpretação historicamente informada.

Envolve diferentes canções compiladas em diversos Cancioneiros, em português ou castelhano, oriundas das épocas medieval, renascentista e barroca.

 

Fado

O fado é um género de canção popular urbana desenvolvido em Lisboa a partir dos últimos anos do século XIX.

É um género performativo complexo que envolve os intérpretes e os públicos em processos comunicacionais, mobilizando formas expressivas diversificadas do ponto de vista verbal, musical e corporal, existindo um conjunto de convenções que regem a sua execução.

O reportório aqui apresentado, abrange a criação de fados originais e de outros em que se utilizam, no dizer de Rui Vieira Nery, “melodias consagradas” a que se aplicam novos textos e que se designam por “castiços” ou “rigorosos".

 

Lusofonia

 A lusofonia é um espaço político, económico e cultural construído pelos Estados de língua oficial portuguesa. Sendo um conceito problemático do ponto de vista académico e político, esta categoria engloba práticas expressivas diversificadas de países que compõem a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, em que se englobam canções inscritas em géneros performativos urbanos e não urbanos.

 

Cante

Cante Alentejano é um género de canto tradicional cantado por grupos amadores na região do Alentejo. Caracteriza-se por diferentes tipos de melodias, poemas e estilos vocais e é, no seu modo mais tradicional, cantado sem instrumentos. O ponto, voz mais grave, inicia o canto seguindo-se o alto, voz mais aguda, que duplica a melodia e que, geralmente, a ornamenta. Depois desta intervenção o grupo canta o resto dos versos. O alto constitui-se também como a voz guia que se ouve por cima do grupo. A poesia explora temáticas como a vida do campo, natureza, o amor, a religião.

O Cante reflete uma das dimensões da vida social e comunitária alentejana reforçando o diálogo entre várias gerações.

Associada ao cante existe a designação de moda, o género vocal que o enforma.

 

Teatro musical/ciclo de canções

Teatro Musical é uma arte performativa que tem como elementos básicos o canto, a dança e o teatro. Assim, a modalidade músico-teatral pode englobar um conjunto de canções e de partes instrumentais que se interligam através de um determinado enredo e dramaturgia e que mobiliza saberes artísticos e técnicos diferenciados e interdisciplinares que envolvem movimento, dança, uma ação teatral e musical, diálogos falados e cenografia.

Ciclo de Canções é um conjunto de canções agrupadas pelo compositor como unidade artística, numa ordem particular e tendo como referência um determinado tema ou uma história ou ambas as coisas simultaneamente.

 

 

 

O QUE PODE ENCONTRAR NO CANTAR MAIS

 

 

  • Um conjunto de canções, organizadas em categorias: tradicionais portuguesas, de música antiga, da lusofonia, de autor, do mundo, fado, cante e teatro musical/ciclo de canções.

  • Arranjos e orquestrações originais para cada uma das canções.

  • Versões áudio das canções podendo selecionar a versão “Voz e acompanhamento”, a versão “Acompanhamento”, a versão “Melodia e acompanhamento” e, para algumas canções, uma versão “A cappella”.

  • Partituras de todas as canções.

  • Vídeo das partituras de todas as canções.

  • Análise musical das canções e propostas pedagógicas para o ensino das canções.

  • Documentos “ficha da canção” para descarregar.

  • Vídeos tutoriais Cantar Mais: Workshop “Técnica vocal”; Dançar Canções - Exercícios de movimento e propostas coreográficas.

  • Glossário dos termos musicais usados no Cantar Mais.

  • Secção sobre “Ensinar e aprender uma canção” onde se apresentam estratégias e metodologias gerais para o ensino e aprendizagem de uma canção.

  • Secção sobre investigação onde se selecionaram textos e trabalhos académicos relacionados com o cantar e as práticas artísticas em contexto escolar e comunitário.

  • Agenda do Cantar Mais.

 

Esta listagem poderá sofrer alterações na sequência do desenvolvimento

do Cantar Mais e da criação de novos conteúdos.